© 2014 - Todos os direitos reservados
Av. São João, 1077 - Jd. Esplanada - São José dos Campos - SP
CEP 12242-840 - Tel/Fax: (12) 3921-7380 - email:  margen@margen-med.com.br

Esses programas tem como objetivo a promoção e preservação da saúde do conjunto dos seus trabalhadores.   
Ainda, os funcionários das empresas de comércio, serviços e indústrias de gêneros alimentícios, deverão manter à disposição da fiscalização sanitária municipal, o Certificado de Saúde e de Capacidade Funcional (Carteira de Saúde), renovado anualmente.

Se sua empresa tem risco ocupacional (agentes nocivos), também é necessário que se faça o LTCAT (Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho), documento esse, que irá servir como base para o preenchimento do PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário).

A Resolução RDC n.º 33, de 2, publicada em D.O.U de 05/03/2003  da ANVISA determina que todos os estabelecimentos  de serviços  de saúde (humana ou animal) são responsáveis pela  elaboração do  Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde - PGRSS, passando a vigorar para fins de fiscalização a partir de fevereiro de 2004.

O PGRSS é o documento que   descreve as ações relativas ao gerenciamento de geração, manuseio, segregação, condicionamento, coleta interna, armazenamento, coleta externa, transporte, tratamento e disposição final dos resíduos.          
A NR 32, do Ministério do Trabalho e Emprego, entrou em vigor em 16/11/2005, trata-se da segurança e saúde no trabalho em serviços de saúde.

A preocupação é o Risco Biológico do local de trabalho. Considera-se Risco Biológico a probabilidade da exposição ocupacional a agentes biológicos. Consideram-se Agentes Biológicos os microrganismos, que podem provocar doenças ao contato / contagio com as pessoas.
Esses agentes biológicos podem ser transmitidos, quando você entra em contato com  sangue, secreções, urina, fezes, etc., das pessoas.

O contagio ocorre através da pele e mucosas (ferimentos, boca, olhos, etc.)
Para doenças que podem ser prevenidas (tétano, difteria, sarampo, caxumba, rubéola, hepatite B) existem vacinas, sendo que todo trabalhador da saúde deve tomar e manter em dia sua caderneta de vacinação.
Sua empresa e seus funcionários devem estar atentos e evitar qualquer ação que possa culminar em acidente, estando consciente que acidentes com risco biológico podem trazer serias conseqüências.

Você deve ser capacitado para reconhecer as situações de risco, mantendo sua atenção e protegendo-se, utilizando sempre materiais e equipamentos específicos para cada situação em sua atividade. Você deverá manter a disposição os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que deverão ser utilizados sempre que necessário.

Todos os ambientes de trabalho deverão ser mantidos limpos, higienizados e esterilizados.
O que fazer em caso de acidentes com materiais perfuro-cortantes (agulhas, bisturis, etc) ?
Que materiais e equipamentos minha empresa deve dispor para cumprimento da NR32 ?
Como será a vacinação dos trabalhadores?
Quais os cuidados com:    
Gases medicinais Medicamentos e das drogas de risco
Gases e vapores anestésicos quimioterápicos antineoplásicos
Radiações ionizantes
Serviço de medicina nuclear
Serviços de radioterapia
Serviços de radiodiagnóstico médico
Serviços de radiodiagnóstico odontológico
Resíduos 
Capacitação dos colaboradores
Condições de conforto por ocasião das refeições
Lavanderias
Manutenção de máquinas e equipamentos
Essas e dezenas de outras perguntas deverão ser respondidas no Programa da NR 32.
A falta desses documentos, previstos em lei, podem acarretar transtornos e multas.         
Para maiores esclarecimentos, estamos à sua disposição, entre em contato conosco.


Informativo

PPRA - PCMSO - LTCAT - PPP - PGRSS - NR32
O exame médico a que se submete o empregado ao ser admitido na empresa, bem como os exames médicos periódicos, demissionais, de retorno ao trabalho e mudança de função, são obrigatórios, por força de lei e convenção coletiva de trabalho, conforme dispõe a Portaria 24 da SST/MT (DOU-29/12/94) - NR7.
Seja qual for o número de empregados da empresa ou instituição empregadora, é obrigatório  estabelecer o PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL (PCMSO - NR 7), coordenado por um profissional médico do trabalho (Médico Coordenador), e  o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA - NR 9), elaborado por um técnico ou engenheiro de segurança do trabalho.
Entre em contato:
DESDE 1995
(12) 3921-7380
(12) 3921-7476
(12) 3941-6244